Como os pais devem contribuir no desenvolviment...

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Fonoaudiologia em Casa
Marcação Equipe da Central
Marcação Central na Mídia
Marcação Tratamentos
Marcação Aparelhos e Equipamentos
Marcação Dicas de Saúde
Marcação Depoimentos Sobre a Central
Marcação Rede de Parceiros
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ESPAÇO
DO CLIENTE
Para acessar, digite seu email e senha abaixo:
esqueci minha senha
 › 
Como os pais devem contribuir no desenvolviment...
terça-feira, 11 de agosto de 2015
COMO OS PAIS DEVEM CONTRIBUIR NO DESENVOLVIMENTO DA FALA DAS CRIANÇAS.

Entre um e dois anos de idade, o bebê começa a pronunciar suas primeiras palavras, e esse sem dúvida é um momento muito importante do desenvolvimento infantil. Algumas crianças sofrem com o atraso no desenvolvimento da fala e da linguagem, e isso ocorre por diversos motivos, por exemplo: problemas auditivos, problemas neurológicos, genéticos, e muitas vezes, Apraxia de Fala.

É um problema que está presente em algumas crianças, e muitas vezes os pais não sabem como lidar com essa situação. A Apraxia é um distúrbio neurológico que afeta a produção motora dos sons e da fala. Essa alteração é funcional, e nem sempre aparece em exames como ressonância e tomografia.

Conheça os sintomas que uma criança pode apresentar:

  • Bebês muito quietos ou que balbuciam pouco.
  • As primeiras palavras como "mamãe" ou "papai" aparecem muito tarde.
  • A criança não consegue se expressar bem, embora entenda tudo o que está sendo falado com ela.
  • Tem facilidade de aprender palavras mais curtas, como "oi", "da", "quer", entre outras.
  • Podem ser confusas na hora de se alimentar, encontram dificuldades para beber, engolir ou mastigar.
  • Crianças que sofrem com Apraxia podem ter dificuldades escolares e emocionais.

Quando uma criança apresenta esses tipos de sintomas, os pais se perguntam “E agora? Como posso ajudar meu bebê a falar?”, a primeira atitude é ir ao médico, somente um profissional pode diagnosticar a criança e orientar os pais do que fazer. Procurar um Otorrinolaringologista também é importante, pra que ele verifique se existe a necessidade de uma avaliação auditiva no bebê.

É importante que a criança tenha contato com outras crianças, isso favorece o desenvolvimento e a associação das palavras. Incentivar seus filhos também é uma boa opção, lendo histórias, cantando músicas infantis, e pronunciando muito bem as palavras podem ser fundamentais na evolução da fala.

Sempre que surgirem dúvidas, é necessário procurar um Fonoaudiólogo, que é o profissional indicado para estes tipos de casos na fala.

 

Confira os serviços da Central da Fonoaudiologia

 

Equipe da Fonoaudiologia

Solicite uma ligação de nosso
Atendimento

(inclusive aos finais de semana)

 
Procura atendimento domiciliar?
Procura atendimento particular?
Prefiro contato por:
1